CatsQual a dose ideal de vermífugo para gatos?

22 de janeiro de 2021by advivaosanimais0
https://vivaosanimais.com.br/wp-content/uploads/2021/01/Animais-Qual-a-dose-ideal-de-vermífugo-para-gatos.jpg

Qual a dose ideal de vermífugo para gatos?

Desde o momento em que uma pessoa decide ter um gato, ela precisa estar atenta aos cuidados com a saúde do animal, e isso não se limita a cuidar da sua higiene e alimentação. Uma das primeiras coisas a ser feita é aplicar um vermífugo específico para gato para eliminar qualquer tipo de verme ou parasita que possa se alojar no organismo do animal e com isso facilitar o desenvolvimento de várias doenças, como anemia, problemas intestinais e até complicações cardíacas.

Quando o gato está com vermes, é possível notar alguns sinais e sintomas, como: vômitos; mudança brusca de apetite; diarreia; pelos secos, sem brilho e em queda; emagrecimento e falta de ânimo para brincadeiras do dia a dia. Às vezes, também, pode ocorrer de o gato esfregar o ânus no chão por causa da coceira que os vermes causam, e há casos em que se pode ver os vermes saindo pelas fezes. As verminoses mais comuns entre os gatos são a ancilostomíase (grupo que abrange, por exemplo, as lombrigas), e as dipylidium (transmitidas pelas pulgas), que podem ser resolvidas com a aplicação de um vermífugo. 

A frequência ideal de uso e a dose recomendada, assim como o produto utilizado, dependem de fatores como a idade do gato, se ele está prenhe, seu estado de saúde geral e se ele costuma ficar mais em ambientes fechados ou se tem fácil acesso à rua.  

Vermífugo para gato filhote

ual a dose ideal de vermifugo para gatos

A primeira aplicação do vermífugo pode ser feita na segunda, quarta e oitava semanas de vida. Após essas três doses, o médico veterinário pode complementar ou não a vermifugação uma vez ao mês até que o gato complete seis meses, ou apenas no quarto, quinto e sexto meses. A vermifugação pode variar de acordo com o tipo de vida que o gatinho terá. Caso o filhote conviva com outros animais no mesmo ambiente, o profissional pode alterar a frequência da administração e o tipo do produto. Se ele é um gato doméstico, a aplicação do vermífugo pode ocorrer há cada seis meses. 

Vermífugo para gato adulto

Em geral, gatos adultos devem ser vermifugados a cada três meses. Porém, é preciso avaliar o histórico clínico do animal e ter uma maior atenção caso ele seja portador de leucemia felina (FELV) ou Aids felina (FIV). 

Vermífugo para gata prenhe

As gatas prenhes ou lactantes devem ser vermifugadas com produtos apropriados para esta fase, com atenção especial para que o vermífugo não afete a saúde dos filhotes. Nelas, a vermifugação deve ser feita antes das coberturas e dez dias antes do parto.

Qual a dose ideal de vermífugo a ser aplicada?

A dosagem depende do peso do animal. No caso de vermífugo em comprimido, deve-se respeitar os seguintes critérios:

  • Para gatos de até 1 kg: ¼ de comprimido;
  • Para gatos entre 1 e 2 kg: ½ comprimido;
  • Para gatos entre 2 e 3 kg: ¾ de comprimido;
  • Para gatos entre 3 e 4 kg: 1 comprimido;
  • Para gatos entre 4 e 8 kg: 2 comprimidos;
  • Para gatos com mais de 8 kg: 1 comprimido a cada 4 kg.

Lembre-se que a dosagem do vermífugo deve ser exatamente aquela indicada na bula. Doses altas ou menores do que as recomendadas podem causar problemas ao animal, pois elas se tornam ineficazes e não resolvem o problema caso o gato esteja com parasitas. 

Para evitar que o animal se estresse na hora de tomar o vermífugo, pegue-o em silêncio. Se optar por dar o comprimido diretamente na boca, lembre-se de colocá-lo o mais próximo possível da garganta, feche a boca do animal e segure-a fechada enquanto massageia seu pescoço com o focinho levantado. 

Apenas o médico veterinário poderá determinar a frequência ideal e a dosagem correta com que o vermífugo deve ser aplicado. 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *