Cachorro6 raças de cachorros mais inteligentes

16 de agosto de 2021by advivaosanimais0
https://vivaosanimais.com.br/wp-content/uploads/2021/08/6-raças-de-cachorros-mais-inteligentes.jpg

Todo mundo sabe como um animal de estimação pode marcar a vida de uma pessoa, seja na infância ou na vida adulta, o que nem sempre se leva em conta é que existem os cachorros mais inteligentes do mundo.

De fato, algumas raças são utilizadas apenas para aumentar a segurança da casa ou fazer companhia às crianças. 

Mas, há cães que lidam com rebanhos de animais, trabalhos policiais e até mesmo perseguição de criminosos.

Também existem competições caninas espalhadas pelo mundo todo, que laureiam os vencedores com prêmios que podem ir desde medalhas de acrílico até altas quantias em dinheiro. Geralmente, as raças mais inteligentes se sobressaem.

Além disso, não podemos nos esquecer de que várias raças de cachorro são indicadas para fazer companhia a pessoas que passam por desafios emocionais e psicológicos, podendo trazer um benefício que até a ciência já começou a reconhecer.

Segundo pesquisa recente feita pelo projeto Kardiozive Brno, publicada na revista Mayo Clinic, além de ajudar na autoconfiança e no tratamento de quadros de ansiedade e depressão, os cães chegam a trazer benefícios cardíacos para seus donos.

As raças mais indicadas para isso são as de pequeno porte, como shitzu mini. Porém, se a pessoa busca uma solução que gire em torno de fazer mais esforço físico e mais atividades corporais, o mais indicado são cães de porte médio e grande.

Em todos os casos, o que os cruzamentos mais buscam é desenvolver a inteligência desses animais, já que esse é o principal vetor no sentido de poder contar com o cachorro para colaborar com a vida humana em sociedade.

Por isso, decidimos escrever este artigo, trazendo aqui as 6 raças de cachorros mais inteligentes do mundo. 

Além disso, explicamos melhor quais são as categorias gerais, bem como as principais distinções entre elas.

O mais bacana é que atualmente esse assunto é do interesse de todos, e não apenas de profissionais da área que trabalhem com cruzamento ou mesmo em clínica veterinária oftalmologia.

Portanto, se você quer entender melhor esse universo incrível, conferindo quais cães mais inteligentes do mundo você já conhecia, basta seguir adiante na leitura.

Sobre as raças existentes

Antes de falarmos das raças mais inteligentes, é preciso entender como se dá a classificação das raças, já que em números absolutos os tipos são quase inabarcáveis.

Por isso mesmo, no Brasil existe uma instituição que regula esse universo, chamada CBKC (Confederação Brasileira de Cinofilia).

Outros órgãos semelhantes seguem na mesma linha, ajudando a formalizar a classificação e dando suporte na parte burocrática, como de emissão de pedigree e entrega de documentos implicados nesse esforço.

Deste modo, segundo a CBKC existem onze grupos distintos de cães, que são:

  • Grupo um: pastores e boiadeiros;
  • Grupo dois: pinschers, schnauzers e molossóides;
  • Grupo três: terriers;
  • Grupo quatro: dachshunds;
  • Grupo cinco: spitz e cães primitivos;
  • Grupo seis: farejadores e raças assemelhadas;
  • Grupo sete: apontadores;
  • Grupo oito: retrievers, levantadores e cães d’água;
  • Grupo nove: cães de companhia e toys;
  • Grupo dez: galgos;
  • Grupo onze: raças com registro provisório.

Adiante, além das 6 raças mais inteligentes do mundo, entenderemos melhor como essa variedade reflete na busca por animais que possam atender às expectativas.

Sobre as raças existentes

As características de cada raça mais inteligente

Em termos de características, precisamos levar em conta que o surgimento das diversas raças de cães existentes se dá por meio do cruzamento feito por nós, seres humanos.

Sendo assim, em dado momento da história alguém idealizou uma raça que pudesse apresentar uma personalidade e uma disposição física em específico, com vistas a depois aplicar o animal à rotina dessa função, seja de pastoreio, caça ou qualquer outra.

Em termos históricos, há registros de cães domésticos (adestrados) já no Egito Antigo, há cerca de 5 mil anos a.C. 

Basicamente, esses cães vieram do cão selvagem, que por sua vez teria descendido do lobo cinzento.

Dito isto, agora, vamos verificar os cruzamentos que acabaram resultando nas raças mais inteligentes que conhecemos até os dias de hoje.

1. O Border collie

Para os padrões históricos da domesticação de cães, essa raça é relativamente nova. Ela surgiu há cerca de cem anos, na região da Grã-Bretanha.

Como na época a predominância ainda era, em grande medida, da vida rural, o cruzamento foi feito com vistas ao pastoreio de ovelhas.

Por isso, o Border collie é um animal muito esperto e bastante ativo, capaz de dar saltos consideravelmente altos. 

Se ele praticar em áreas abertas ou mesmo em salas para treinamento, pode chegar a saltar mais de dois metros de altura.

Por ser uma das raças mais inteligentes do mundo (segundo o livro “A Inteligência dos Cães”, de Stanley Coren, ela seria de fato a primeira), também é conhecida por ser altamente obediente e prestativa.

Contudo, quem quiser tê-lo em casa precisa levar em conta que o animal precisa de espaço para gastar toda sua energia, além de passeios diários.

2. Os famosos Poodles

Existem alguns boatos de que cachorros maiores teriam mais propensão a apresentar uma inteligência maior. Contudo, isso não se verifica em nenhuma pesquisa conclusiva.

Tanto é assim que os Poodles, famosa raça de porte pequeno (a ponto de ter se consagrado como um animal que pode ser levado no colo), podem ser encontrados entre os mais inteligentes do mundo, logo atrás do Border collie.

Popularmente conhecido como “cachorro de madame”, há uma razão histórica para isso, na França do século XIX ele já fazia sucesso entre as classes mais abastadas.

Hoje em dia, ele não demanda muito espaço, mas precisa de banho e tosa com mais frequência, por ser comum que ela suba em sofás, camas e afins.

Pouca gente sabe, mas ele também serve como cão-guia. Por sua inteligência elevada, aliás, não é incomum ver Poodles em atrações de circos.

3. O Pastor Alemão

É um dos cães mais famosos do cinema, já tendo protagonizado alguns clássicos das telonas, sobretudo no universo infantil e infanto-juvenil.

Embora sua aparência faça lembrar a de um lobo selvagem, a verdade é que a raça é bem mais recente, tendo surgido na Alemanha por volta dos anos 1890, e no Brasil em 1920.

Como o nome da raça já sugere, ela foi idealizada pensando no trabalho rural com o pastoreio de animais. 

Hoje, porém, a raça faz sucesso como cão de guarda, cão policial e também entre crianças.

Neste caso, a higienização também é indicada com maior frequência, além de demandar um trabalho maior, como uma mesa de tosa grande, já que o cão é de porte médio para grande.

Também vale lembrar que o pastor alemão é do tronco da raça Collie (ou seja, é como um primo distante do Border collie), o que explica melhor sua inteligência.

3. O Pastor Alemão

4. Golden retriever

Conhecido como um dos cães mais dóceis do mundo, temos aqui uma raça que oscila entre o pastor alemão, o Border collie e os famosos labradores.

A diferença do Golden retriever é que ele foi idealizado para caça, na Inglaterra do século XIX. Com o tempo, porém, a raça mostrou sua capacidade de ser brincalhona e companheira.

Atualmente, ele pode ser visto em ambientes familiares, nos quais sua inteligência permite interações como pegar a bolinha e encontrar coisas escondidas.

Mas, ele também atua em áreas profissionais de risco e de emergência, como entre policiais e até mesmo entre bombeiros.

5. Dobermann pinscher

Essa raça tem uma estética e uma anatomia que destoa bastante das raças anteriores, por parecer um animal bélico ou voltado para ações marciais.

O nome costuma causar confusão, já que pinschers são pequenos, e o Dobermann é de porte médio para grande. 

Ocorre que isso indica sua origem, que se deu na Alemanha do século passado.

Portanto, o cruzamento veio da mistura entre o Pinscher alemão e o Pastor alemão (sim, o terceiro cão mais inteligente do mundo), o que também ajuda a explicar a presença do doberman nesta lista.

Conhecido por ter um instinto grande de proteção e por desconfiar de quem não seja seu dono, é preciso considerar que o dobermann carece de treino para ser obediente.

6. O Pastor de Shetland

Por fim, vale a pena trazermos aqui uma raça que realmente sintetiza todas as demais, que é o Pastor de Shetland, um cão peludo, meigo e super inteligente.

Sua origem se deu na Escócia, mas hoje ele está espalhado pelo mundo todo, inclusive no Brasil. 

Além da inteligência, seu traço principal é, justamente, a capacidade de se adaptar a vários climas e ambientes, inclusive o familiar.

Considerações finais

A relação do ser humano com o cachorro é uma das mais ricas da história, podendo trazer benefícios que vão desde segurança e socorro até a própria saúde humana.

Hoje em dia, além de comprar cachorros, é muito comum visitar feiras e eventos e ver um folder de apresentação que anuncia a doação de cães abandonados. 

Para os interessados, esse pode ser um modo de ter um cachorrinho em casa.

Depois de conhecer as raças mais inteligentes do mundo, certamente você vai poder entender melhor como esse universo funciona e quais são suas vantagens.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

O bem estar de seu cachorro é muito importante para nós!

6 raças de cachorro mais inteligentes

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *