CachorroGatosA importância de levar o pet ao veterinário

29 de setembro de 2020by advivaosanimais0
https://vivaosanimais.com.br/wp-content/uploads/2020/09/A-importância-de-levar-o-pet-ao-veterinário.jpg

A importância de levar o pet ao veterinário

Ter a companhia de um animal de estimação é maravilhoso, além disso, muitos veterinários confirmam os inúmeros benefícios desta convivência, tais como a melhoria de nossa saúde cardíaca, redução do estresse e prevenção de alergias.

Se você já tem ou está pensando em adotar um animalzinho, pode contar com todas essas vantagens, mas deve saber que essa decisão requer cuidados e responsabilidades que se estendem durante toda jornada que irá compartilhar com seu bichinho, é preciso alimentar, cuidar de seu bem-estar e de sua saúde.

A maioria das pessoas tem a ideia de que só é necessário levar o animal ao veterinário quando ele adoece e, muitas vezes, recorrem a remédios caseiros ou medicamentos indicados por amigos e vizinhos; o grande problema é que essas práticas, geralmente, não dão certo, e quando chegam ao veterinário, o animal já está numa situação crítica ou irrecuperável. 

É preciso rever essas práticas e evitá-las ao máximo! Pensando nisso, reunimos alguns motivos do porque é tão importante levar o pet ao veterinário.

Conheça o seu animal

Conheça o seu animal

Ao longo do tempo da convivência com seu animal de estimação, cria-se uma relação de troca, afeto e cumplicidade, por isso, esteja comprometido com a saúde dele. Quando alguém adota um animalzinho, principalmente aquelas pessoas que nunca tiveram um, muitas  dúvidas podem surgir: qual a melhor forma de cuidar? Qual tipo de alimento é o mais indicado? Como é a adaptação se já existem outros pets no mesmo local? Quando é a hora de castrar? Quais vacinas são obrigatórias?

Todas essas questões podem ser feitas a um veterinário, ele vai poder orientá-lo e ajudar em muitas situações durante toda a vida de seu animal. A medicina veterinária não existe apenas para quando o animal está doente, mas para preveni-lo ou protegê lo de doenças em potencial. 

É preciso falar sobre medicina veterinária preventiva

Levar seu animal ao veterinário periodicamente é extremamente importante. São nessas visitas que você pode receber o diagnóstico precoce de doenças, detectadas por meio de exames laboratoriais, checkup, tratamentos e vacinas que vão te oferecer uma avaliação do estado de seu pet.

Tão importante quanto levar seu animal ao veterinário quando ele adoece, é trabalhar com a idéia da medicina veterinária preventiva. 

Faz parte disso, levar o filhote à primeira consulta, ouvir as orientações do médico, e administrar as vacinas que irão protegê-lo contra as principais viroses e bactérias, que ele pode pegar em contato com outros animais. Quando estão idosos, alguns cuidados tem que ser redobrados, para garantir que seu animal envelheça bem.

O papel do veterinário e do auxiliar de veterinário na prevenção é essencial, pois quando eles cuidam dos animais, e ajudam para que eles se mantenham saudáveis, a comunidade ao redor também fica saudável. O cuidado não é apenas para o animal, é para toda a sociedade. Sem contar que, quando você cuida bem de seu animal, acaba cuidando bem de você.

Quando levar seu animal para o veterinário? 

Quando levar seu animal para o veterinário

De forma geral, o ideal é que o animal vá a primeira vez ao veterinário quando ainda é filhote, antes do primeiro cio, para ser castrado, e receber os primeiros cuidados médicos.

Após esse período, o mais indicado é levá-lo ao veterinário, pelo menos, uma vez ao ano, para tomar vacinas. Essa é uma oportunidade para saber como está a saúde dele, afinal, qualquer doença, se for diagnosticada no início, tem maior chance de cura. Quanto mais um tratamento é adiado, maior o sofrimento de seu animal, e mais gastos você terá. Prevenir é sempre a melhor solução.

Para além da raiva

As visitas periódicas ao veterinário são, também, uma questão de saúde pública. Pois existem doenças que podem passar do animal para a pessoa e da pessoa para o animal, as chamadas zoonoses. 

É muito importante se preocupar com a raiva, e muitos governos se encarregam de campanhas anuais para vacinação gratuita e conscientização das pessoas, o que fez com que no Brasil, os casos de raiva se tornassem baixíssimos.

Mas, para além da raiva, existem outra doenças, como a leptospirose, que são transmissível para humanos e também devem ser motivo de preocupação. A saúde de seu pet, também pode afetar a saúde de todos ao redor. Cuide bem dele!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *