CachorroÉ normal mau cheiro em cachorro?

23 de setembro de 2020by advivaosanimais0
https://vivaosanimais.com.br/wp-content/uploads/2020/09/É-normal-mau-cheiro-em-cachorro.jpg

Certamente você já deve ter escutado falar a respeito do cheiro dos cachorros de forma pejorativa, em especial com a tradicional frase “que cheiro ruim de cachorro!”.

Isto se deve ao fato dos cães apresentarem um odor diferenciado, que é causado principalmente pela manutenção de seus pelos.

Ainda assim, há muitos tutores que questionam se é normal mau cheiro em cachorro, buscando meios para resolver o problema, quando este aparece em maior evidência.

Com o intuito de auxiliar nesta questão, estamos trazendo este material repleto de informações a respeito do tema, que certamente ajudará a sanar boa parte das dúvidas.

Então, se você deseja aprender mais sobre o tradicional cheiro de cachorro, acompanhe este material até o final!

Por que os cachorros apresentam mau cheiro?

Não é incomum encontrarmos casos de tutores que adotam um cão e em pouco tempo começam a estranhar os odores comuns do dia a dia.

Isto ocorre porque é natural que acabemos associando o “mau odor” canino ao mau cheiro humano, pensando que pode ter um problema com a higiene do animal.

No entanto, devemos nos lembrar que os cães são de uma espécie totalmente diferente, portanto os conceitos de higiene humana não devem ser totalmente aplicados a eles.

O cheiro que os cães apresentam é um odor natural, que surge como forma de proteção, a fim de que não se diferencie de toda a natureza.

Se formos avaliar os animais silvestres com pelos, veremos que estes também não são “cheirosos”, e isto se deve principalmente a um mecanismo de proteção.

Embora os cães sejam domesticados, eles não deixam de ser animais de classe diferente dos humanos, por isso é importante considerar este fato durante a análise do cheiro.

A impressão de mau odor nos cães ocorre por pensarmos que o ideal é que eles fiquem sempre perfumados, quando isso não é uma realidade de sua própria natureza.

Por que os cachorros apresentam mau cheiro

É normal mau cheiro em cachorro?

De acordo com todas as informações que pudemos conferir acima, é possível discutirmos se é normal mau cheiro em cachorro.

E, a resposta para esta questão é: depende do tipo de “mau cheiro”!

O odor tradicional de pelos, que não demonstre nenhum cheiro agudo é totalmente comum, sendo até mesmo o odor natural dos cães.

Por isso, é fundamental que esqueçamos aquela expectativa de que os cães fiquem bem cheirosos e sedosos, pois não é natural nem para os seres humanos isso, quem dirá para os animais!

No entanto, vale considerar que aqui estamos falando daquele cheiro comum, que muitas pessoas chamam de “cheiro de cachorro molhado”, já que existem alguns odores que merecem atenção profissional.

Muitas alergias e infecções se apresentam por meio de mau cheiro, sendo este agudo e incomum do que já é tradicional.

Então, caso perceba algo do tipo, em especial se você tem uma raça que já é propensa a problemas do gênero, não hesite em procurar por uma análise profissional.

Outros odores que merecem atenção são aqueles presentes na cavidade bucal e na região anal, que podem indicar problemas bacterianos e fúngicos, também necessitando de auxílio veterinário.

Fora estes e alguns outros casos mais específicos, não é necessário ter tanta preocupação com o cheiro dos cães, pois é totalmente normal!

Dicas para evitar o mau cheiro nos cães

Conforme foi explicado no tópico anterior, o mau cheiro comum nos cachorros não deve ser motivo para alardes.

No entanto, ainda assim é muito importante garantir a higiene adequada do pet, a fim de garantir o bem estar e a segurança de sua saúde.

Além disso, se você se incomoda com o fato, mesmo sabendo que é normal mau cheiro em cachorro, existem algumas dicas que podem atenuar o problema.

Separamos algumas informações que não trazem nenhum risco a saúde do cão e contribuem para o conforto geral, então confira!

De banhos com a regularidade certa

Você sabia que o excesso de banho pode ser o principal causador para a existência do mau cheiro em cachorro?

Embora esta ideia pareça controvérsia, devemos lembrar que boa parte das raças conta com uma grande quantidade de pelo, que necessita do tempo de secagem adequada para que fiquem saudáveis e com cheiro agradável.

Se você faz parte do grupo que dá dois banhos por semana em seu cão, saiba que esta pode ser a razão para o aparecimento do odor desagradável.

Com pouco tempo para secar, os pelos acabam criando umidade, que favorece o aparecimento de fungos na região próxima a pele.

Por isso, o ideal é investir na regularidade correta de banhos, que varia conforme a raça, lembrando sempre de consultar um bom veterinário.

Vale ressaltar que é mito a ideia de que cães de pelos longos necessitam de mais banho, uma vez que é possível fazer a higiene do animal a seco em muitas ocasiões, evitando toda a dificuldade da secagem.

Busque cuidar dos pelos diariamente

Quando falamos em cuidados com a higiene do animal, muitos tutores logo pensam em banho, mas saiba que este não é o único item necessário para garantir um cheiro agradável.

O simples ato de escovar os pelos diariamente já é suficiente para remover parte significativa das sujidades causadoras do mau odor.

Além disso, você pode usar também um lenço umedecido com um pouco de água para fazer uma limpeza superficial.

Devemos lembrar que os pelos não são o único foco de cheiro ruim, portanto devemos ter atenção também com as patas e com a boca do animal.

Busque cuidar dos pelos diariamente

Tome cuidado com certos tipos de brincadeira

É muito comum que pessoas que perguntam se é normal mau cheiro em cachorro notem que a razão pelo problema é o tipo de brincadeira que o cão costuma fazer.

Se o seu cachorro adora rolar na grama e/ou ama correr na chuva, saiba que esta é a origem para o mau cheiro acentuado.

Por isso, vale ter atenção a este tipo de brincadeira, tentando sempre higienizar o animal após os episódios.

De todo modo, esperamos ter tirado suas dúvidas a respeito do tópico “é normal mau cheiro em cachorro?”, então não deixe de fazer uso das dicas e informações para garantir o bem estar de seu amigo de quatro patas!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *