CachorroPor que é importante que seu animal de estimação pratique exercícios físicos?

15 de dezembro de 2020by advivaosanimais0
https://vivaosanimais.com.br/wp-content/uploads/2020/12/foto-da-capa.jpg

 

A atividade física tem se tornado cada vez mais reconhecida pela sociedade, e seus grandes benefícios são para todos. 

Uma simples caminhada que seja, já é capaz de promover um ganho imenso à saúde. 

E ao contrário do que alguns pensam, atividade física não é só para humanos!

Sabia que ela é benéfica para todos os seres, principalmente aos mamíferos? Pois é! 

Ela é essencial para a saúde física dos organismos e saúde mental dos pets. 

A importância da atividade física para os animais 

Do mesmo modo que os médicos indicam exercícios físicos aos humanos, para que possam praticar algum esporte ao invés de tomar remédios para emagrecer e até mesmo algumas capsulas para celulite , por exemplo, para que tenham uma vida com mais qualidade, médicos veterinários também aconselham essa prática para animais.

A prática de exercício estimula a liberação de endorfina, hormônio responsável pela felicidade, o qual a falta dele, é uma das principais razões de muitos problemas de comportamento. 

Quando não realizadas, os animais, principalmente aqueles que vivem em espaços pequenos, é comum que eles se tornem irritados, impacientes, ansiosos, e em alguns casos desenvolverem a depressão, e ainda se tornarem agressivos inclusive com seu próprio dono. 

Esta na genética da maior parte dos pets, principalmente cães e gatos, o hábito de correr, de ser mais ativo, e tirar isso deles causa frustrações gerando estresse. 

Em alguns são tão intensos, que acabam ‘’destruindo tudo’’, quebram móveis, rasgam almofadas e até estragam o vidro fume de carro , tudo para extravasar. 

Por isso, as atividades físicas são essenciais para que o animal tenha um bom humor e uma plena saúde mental. 

Outras complicações são de saúde como as cardíacas, dificuldade respiratória e a impossibilidade de lidar com o calor, e ainda outro fato preocupante pela falta de atividade física, é a obesidade.

Assim como em humanos que alguns sofrem e buscam pelo melhor emagrecedor natural, os animais também sofrem com a obesidade, que em casos mais graves, pode gerar câncer. 

A obesidade pode se tornar um problema muito complicado para o animal, em alguns casos o ideal é adotar uma dieta para alimentação de seu bichinho. 

Pois como nós, humanos, uma simples troca do açúcar pelo adoçante xilitol preço, por exemplo, faz muita diferença no organismo, e com eles não seria diferente.

Conversando com um veterinário, pode ser alinhado o que pode ser melhorado e adaptado na alimentação do seu pet, mas melhorar a saúde dele e evitar maiores complicações.

Incluir uma rotina diária de exercícios na agenda dos animaizinhos é uma boa maneira de ajudá-los a permanecerem saudáveis, que incluem benefícios como:

  • Evita o estresse;
  • Mantém a forma e a saúde;
  • Evitam comportamentos destrutivos;
  • É relaxante ;
  • Evita brigas com outros animais;
  • Criam uma rotina e bons hábitos.

Como ajudar seu animal de estimação

Seu animal não vai se exercitar sozinho. Não é deixando ele ali com uma bolinha que ele vá realizar a prática de exercícios ideais para a saúde. 

Ou seja, a prática começa com você. Inclua seu pet em suas atividades, faça caminhadas juntos, e incentive com outros estímulos. 

O prazeroso da atividade em conjunto será a relação que irão criar, você e seu animal de estimação, com certeza, vão ser mais próximos um do outro, fortalecendo a cumplicidade.

Os gastos de energia e uma caminhada mais longa ou com intensidade para aumentar a frequência cardíaca do pet são essenciais.

É possível estimular a saúde mental com passeios para ter contato com outros animais e apreciar novas paisagens. 

Para isso, procure por parques agradáveis, você pode optar por aqueles que são cuidados por uma Empresa de poda de árvores, por exemplo. 

Um ambiente cheio de árvores pode estimular a boa qualidade da saúde mental do seu animal de estimação.

O recomendado é que os animais tenham uma rotina de atividade física de, no mínimo, 3 vezes na semana, sempre com tempo para descanso e repouso. 

E lembre-se de sempre hidratar seu pet. 

Fique atento a idade do seu animal. Para filhotes, por exemplo, eles precisam de ciclos curtos de exercício e não devem passar de seus limites.

O ideal é não correr por quilômetros com um animal de apenas 4 meses, isso pode acabar com ele. 

E para os animais já velhinhos e doentes, a prática também deve ser exercida, mas com cautela. 

Para esses, uma caminhada mais devagar e jogos que façam o animal pensar, são uma ótima aposta. 

Você pode ajudar das seguintes maneiras:

  • Leve-o para lugares abertos, caso more em condomínios aproveite para levar o lixo e praticar a coleta seletiva em condomínios residenciais ,por exemplo;
  • Mantenha o contato com outros animais, estimule a brincadeira entre eles;
  • A natação tem sido uma opção muito procurada;
  • Jogos de comandos para exercitar o pensamento do animal;
  • Caminhe com seu animal; 
  • Estimule com brincadeiras, como as bolinhas para cães;

Mas atente-se para saber como você pode exercitar seu pet, é interessante pesquisar sobre as necessidades da raça e procurar ajuda de um profissional.

E ainda, como você, que em algumas atividades é preciso até de uma creatina pós treino,  o animal também pode vir a cansar, caso a atividade esteja sendo demais para ele, por isso, você deve aprender a identificar os sinais do seu animal de estimação.

Cuide do seu animal de estimação

Se a atividade física é tão importante para os humanos, para os animaizinhos não deixa de ser diferente. 

Por isso saia mais com seu pet, dê atenção aos sinais que ele dá para que conheça suas necessidades. 

Invista na saúde e bem estar do seu animal de estimação para prolongar a amizade!

O bem estar de seu pet é muito importante para nós!

Conteúdo produzido por Business Connection

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *