DogsCachorroPets podem pegar bicho geográfico?

15 de março de 2021by advivaosanimais0
https://vivaosanimais.com.br/wp-content/uploads/2020/12/O-que-é-pedigree-2.jpg

Pets podem pegar bicho geográfico?

O bicho geográfico é uma zoonose e, portanto, uma doença que pode ser transmitida de animais para seres humanos — ou de seres humanos para animais. Trata-se de um parasita que retira da pele humana os recursos necessários para sobreviver, abrindo túneis inflamados no tecido subcutâneo. 

Cientificamente chamado de larva migrans cutânea, o bicho geográfico é um parasita que habita o intestino de cães e gatos que não são vermífugados periodicamente. 

A transmissão para as pessoas acontece por meio do contato direto com as larvas presentes nas fezes dos animais infectados.  A presença de larvas do bicho geográfico é mais comum em terrenos arenosos, como praias, tanques de areia e obras. 

Apesar disso, os ovos do parasita são capazes de progredir em qualquer local que proporcione calor e umidade adequados. 

Animais podem pegar bicho geográfico?

A resposta para esta pergunta é “sim”, uma vez que pets podem trazer as larvas do bicho geográfico em seu intestino. Os animais, porém, não são afetados pelo parasita da mesma maneira que os humanos, e não ficam com a pele irritada e marcada. 

Nos peludos a presença da larva migrans cutânea caracteriza uma verminose e, como tal, apresenta sintomas como: 

  • Vômitos;
  • Diarreia;
  • Sensibilidade abdominal;
  • Perda de peso;
  • Coceira na região do ânus. 

Gatos podem, ainda, ficar com as gengivas pálidas e os pelos com aparência desajeitada. É recomendado levar o bichinho ao médico veterinário sempre que ele apresentar os sintomas descritos, além de comparecer anualmente às consultas de rotina. 

Como ocorre a transmissão e tratamento?

vermífugo para cães

Como foi dito, as pessoas pegam bicho geográfico pelo contato com larvas infectantes que estão presentes no solo contaminado por fezes de animais. Por isso, a recomendação é não andar descalço em locais frequentados por pets. O tratamento é feito com uso de pomadas específicas e administração de medicamentos via oral, dependendo da extensão das lesões na pele.

Entre os pets, por sua vez, a transmissão ocorre por via oral, cutânea e placentária. O tratamento é feito com uso de vermífugos, sempre seguindo orientação de um profissional especializado em saúde animal. 

Como evitar bicho geográfico em pets?

A vermifugação periódica do seu pet é a melhor maneira de prevenir a contaminação por bicho geográfico e outras espécies de vermes que podem ser prejudiciais ao bem-estar dos animais de estimação. A rotina de administração de vermífugos deve ser feita de acordo com recomendação veterinária. 

Além desse cuidado, é indicado evitar que seu bichinho tenha contato com animais desconhecidos e que podem estar com a saúde negligenciada. Não deixar que eles frequentem praias, tanques de areia e outros locais potencialmente contaminados também é indicado como medida de segurança. 

Vale lembrar que, mesmo que o seu cão ou gato não esteja com nenhum tipo de verminose, é seu dever como tutor recolher as fezes dos pets, independentemente de onde eles a fizerem. 

Esta é uma questão de higiene, saúde e bem-estar que vai muito além de prevenir a contaminação por bicho geográfico, e demonstra responsabilidade sanitária com pessoas e animais. 

Não deixe de dar o vermífugo para cães!

Um dos vermifugos que geralmente indicamos aqui na Viva os Animais , são os vermifugos da linha CHEMITEC, esta linha possui produtos de ótima qualidade além de ser desenvolvido por veterinários de confiança, esta marca já atua no mercado a cerca de 20 anos. Com uma operação 100% brasileira e administração familiar, que oferece uma linha completa de produtos para pets e insumos para animais de grande porte.

Você pode encontrar o Vermífugo Chemitec Chemital Plus para Cães em nosso petshop online com entrega em qualquer cidade do Brasil, CLICANDO AQUI.

O bem estar de seu cão é muito importante para nós!

Como escolher vermifugos

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *